Logo
Logo
Banner Diolaser Banner Diolaser Banner Diolaser
Escolha uma Unidade

Estado:

Unidade:

Notícias


Esclarecendo as dúvidas sobre lipocavitação


16/11/2016 - Visualizações: 583


Esclarecendo as dúvidas sobre lipocavitação

A busca pelo corpo perfeito,com ausência de celulites e imperfeições é o que incentiva muitas mulheres a procurarem os procedimentos estéticos e também as cirurgias plásticas. Entretanto, realizar métodos não invasivos tem sido a preferencia entre as clientes. A Lipocavitação (ou Ultralipo) é uma técnica alternativa. O procedimento não necessita de internação, cortes ou anestesias, e é indicada para tratamento de acúmulo de gordura localizada. Para nos esclarecer sobre este método, a Biomédica Sarah Pizoti nos responde algumas dúvidas.

O procedimento estético é doloroso e invasivo?

A cavitação é um método seguro, e ao contrário de outros procedimentos, como é o caso da lipoaspiração tradicional, não requer internação, cortes, anestesias, e tempo de recuperação. Além de não utilizar agulhas, também não é realizado cortes. Consequentemente o método não é doloroso, pois é realizado somente com um aparelho estético.

A cavitação auxilia na perda de peso, ou somente reduz a gordura localizada?

A cavitação age diretamente na gordura localizada, e na maioria das vezes, não reflete na perda de peso.

Quantas sessões são necessárias?

Tudo depende da quantidade de gordura a ser tratada, variando de 5 a 10 sessões.

Qual a duração média de cada sessão?

Dura em média 30 minutos.

Em quais as áreas do corpo podem ser realizadas o procedimento?

A cavitação pode ser realizada em todo corpo, exceto na face. Algumas regiões, como lateral de glúteos e abaixo dos glúteos (a famosa bananinha) são contraindicadas  a aplicação, devido ao risco de deformar os glúteos, deixando-os caídos ou afundados na lateral.

 

Quais são os cuidados essenciais antes e após a cavitação?

Antes do tratamento, é indicado apenas que o paciente tenha se alimentado corretamente.

Após o tratamento é necessário ingerir ao menos 2 litros de água, fazer atividade física logo após a aplicação e manter uma dieta regrada, evitando principalmente o consumo de carboidratos e gorduras.

A gordura removida pode voltar a aparecer?

A gordura pode voltar a acumular na região se o paciente não mantiver oshábitos alimentares saudáveis e não se exercitar.  

Existe contra indicações?
A cavitação é contra indicada para gestantes, pacientes com tumores malignos, a realização do procedimento em locais que contenham tromboflebites, sobre implantes metálicos, e pacientes com altos níveis de colesterol e doenças hepáticas.

Comentários:

Ninguém comentou ainda, clique aqui e seja o primeiro a comentar.