Logo
Logo
Banner Diolaser Banner Diolaser Banner Diolaser
Escolha uma Unidade

Estado:

Unidade:

Notícias


Novembro azul: A Diolaser incentiva a realização dos exames para o diagnóstico precoce do câncer de próstata


01/11/2016 - Visualizações: 336


Novembro azul: A Diolaser incentiva a realização dos exames para o diagnóstico precoce do câncer de próstata

A Diolaser enfatiza no mês de novembro, a importância da conscientização e a realização do exame PSA e o exame físico (toque)

Engajada no “Novembro Azul” mês da campanha destinada aos homens, com o intuito de incentivar a realização de exames para o diagnóstico e tratamento imediato da doença, a Diolaser está unida para lutar contra o câncer de próstata. Mas qual é a importância de falar sobre isso?

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA) entre os anos de 2014 e 2015,sessenta e oito mil e oitocentos (68.800) brasileiros tiveram o câncer de próstata, a doença é a segunda mais comum entre os homens, perdendo somente para o câncer de pele.  O câncer de próstata também é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, perdendo apenas para o câncer de pulmão. Cerca de 1 homem em cada 36 morre de câncer de próstata

A doença ocorre principalmente em homens mais velhos, normalmente homens entre 45 e 65 anos são diagnosticados. Vale ressaltar que antes dos 40 anos é raro o diagnóstico, mas não é descartada a possibilidade. Desta forma, o homem deve ir ao médico urologista e realizar o exame PSA (exame de sangue), que é um dos principais meios para detectar o câncer de próstata precocemente. Caso haja histórico na família aconselha-se que procure um médico a partir dos 45 anos para a realização do exame de toque, caso contrário, este procedimento será realizado somente a partir dos 50 anos.

O exame físico (toque) serve para analisar a consistência da próstata, o tamanho da mesma, e se existem lesões através do reto. O exame é realizado por um médico especialista e dura somente 10 segundos.Fatores de riscos:

- Alimentação inadequada;

- Idade;

- Sedentarismo;

- Obesidade.

Quebre o preconceito, tire as dúvidas com um médico especialista. Lembre-se o diagnóstico precoce pode salvar a sua vida! 

Comentários:

Ninguém comentou ainda, clique aqui e seja o primeiro a comentar.