Diolaser EUA
Diolaser
Olá! Entrar na
Minha Conta
Carrinho

Blog



MELASMA - COMO TRATAR?

MELASMA - COMO TRATAR?

O que é Melasma?

Melasma é o surgimento de manchas escuras na pele, que normalmente aparecem no rosto, mas pode ocorrer em outras áreas expostas ao sol, como braços e colo. É mais comum em mulheres entre os 20 e 50 anos, porém também pode afetar os homens. Quando surgem na gravidez, as manchas são chamadas de cloasma gravídico.

Tipos

Melasma epidérmico: Quando há depósito aumentado de pigmento através da epiderme (camada mais superficial da pele).
Melasma dérmico: Caracterizado pelo depósito de melanina ao redor dos vasos superficiais e profundos.
Misto: Quando se tem excesso de pigmento na epiderme em certas áreas e na derme em outras regiões.

Ainda há três tipos comuns de padrão facial de melasma, o malar (maçãs do rosto), centrofacial (testa, bochechas, acima do lábio, nariz e queixo) e mandibular, conforme a região em que aparece.

Causas

Não há uma única causa definida para o melasma, mas sabe-se que ele está relacionado principalmente à exposição solar, mas também ao uso de anticoncepcionais e algumas outras medicações, fatores hormonais, predisposição genética, algumas doenças (ex: hepatopatias) e à gravidez. A maior parte das pessoas com melasma possui um histórico de exposição diária ou intermitente ao sol, embora também suspeita-se que o calor seja um fator subjacente. É mais comum em mulheres, aproximadamente 90% dos casos, e àquelas com tons de pele mais escuro tem mais probabilidade de apresentar a doença.

São diversos os fatores que podem desencadear o surgimento do melasma, dentre eles:

- Exposição ao sol, pois a luz ultravioleta estimula os melanócitos (que produzem os pigmentos de cor da pele, a melanina). Apenas uma pequena quantidade de exposição solar pode fazer com que o melasma retorne, mesmo em uma pessoa que já o tratou anteriormente, e essa é uma das principais razões de porque os casos aumentam no verão.

- Mudanças hormonais causadas pela gravidez, uso de pílulas anticoncepcionais ou repositores hormonais, além das endocrinopatias, como as doenças da tireóide

- Produtos cosméticos para o tratamento da pele que acabam por irritá-la podem piorar os episódios de melasma.

Tratamentos

Peelings:

Peelings também oferecem uma infinidade de opções para acabar com as manchas no rosto. O procedimento é um processo de esfoliação que descama da pele, com posterior regeneração do tecido para melhorar sua textura, clarear manchas, atenuar rugas finas e estimular a renovação do colágeno. Também é eficaz contra acne e linhas de expressão finas.

Entre os tipos mais comuns, vale destacar o peeling de ácido retinoico e o de ácido salicílico. Todos são indolores, com duração de 20 minutos cada aplicação, sendo necessárias de três a 6 no total. O peeling é aplicado nos consultórios e pode ou não ser retirado após alguns minutos, dependendo do produto. Em geral, após 2 a 3 dias a pele descama, ficando com um aspecto mais claro e lisinho.

Luz pulsada:

luz pulsada é uma tecnologia ativada em uma plataforma de lasers, com o intuito de eliminar manchas senis e solares, além de ser indicada para cicatrizes de acne, estrias brancas ou vermelhas e poros abertos.

A sensação de ardor durante e depois do procedimento é comum, sendo 30 minutos de duração média cada sessão. O número de sessões varia de acordo com o objetivo do cliente e após avaliação médica. Durante este tratamento a exposição solar deve ser evitada.

Laser fracionado (ablativo ou não ablativo):

O laser ablativo é um procedimento que promove a renovação da camadas superficiais e médias da pele, agindo de maneira precisa na região afetada. Na aplicação, existe a necessidade de anestesia local (que pode ser feita com a aplicação de cremes anestésicos antes do procedimento), devido a dor. Dor, vermelhidão e inchaço são comuns, exigindo o uso de pomadas e remédios até normalizar. É mais indicado para cicatrizes (comuns e de acne), rugas, estrias brancas e linhas de expressão mais profundas. Caso você se interesse em realizar esse procedimento, se programe pra ficar afastada de atividades como trabalho, festas, pois a pele costuma ficar vermelha e inchada já no dia seguinte.

Já o não ablativo renova a camada mais superficial da pele, sem ocasionar dor, inchaço, queimadura . A vermelhidão, se ocorrer, é leve. A recomendação do procedimento é para casos de manchas no rosto, linhas de expressão finas, acne, e vasinhos. Como consequência, ainda devolve o viço, a textura e a uniformidade da pele.

Microdermoabrasão:

Conhecido também por peeling de cristal ou diamante, a técnica de microdermoabrasão é ideal para quem quer algo leve e com pouquíssima chance de complicações. O procedimento pode ser aplicado em todo o tipo de pele. Consiste de uma esfoliação leve. A duração da aplicação é de em média 30 minutos, com o mínimo de 3 sessões (frequência de uma vez por semana).

Diolaser 2018 - Todos os direitos reservados.