Diolaser EUA
Diolaser
Olá! Entrar na
Minha Conta

Blog



5 principais riscos da depilação com cera

5 principais riscos da depilação com cera

Hoje, as pessoas ainda pensam que a maneira mais fácil de remover o excesso de pelos do corpo é se depilando com cera quente ou fria. Mas, você sabia que existem riscos da depilação com cera?

O procedimento que já se tornou obsoleto no universo da beleza e estética corporal acarreta dores e outros problemas que podem ser evitados assim que você decidir abrir mão dele e optar por técnicas mais modernas e seguras para a pele.

Saiba aqui quais são os principais riscos da depilação e como substituí-la!

 

Probabilidade de queimadura

De modo geral, a depilação com cera é usada quando a substância ainda está quente, o que aumenta muito o risco de queimaduras. Isso porque, se a técnica não for aplicada corretamente, pode causar queimaduras na pele graves.

Além de causar ferimentos graves, também pode deixar marcas indesejadas no corpo, que não desaparecem com o tempo!

 

Resultados limitados

Como todos sabemos, o efeito da depilação com cera não dura muito, pois a pele só fica lisa por duas semanas, sendo que, após esse prazo, os pelos começam a crescer novamente.

Por se tratar de uma técnica um tanto agressiva, não é recomendável repeti-la nos próximos 30 dias após a última sessão. Em vista disso, você volta a ficar com os pelos aparentes até repetir o procedimento. Muito desagradável, não é mesmo?

 

Manchas na pele

Um dos riscos da depilação com cera, principalmente se for feita com frequência, é o aparecimento de manchas escuras na área depilada. Além disso, por ser uma técnica agressiva, ela favorece a sensibilidade da área depilada, como buço, virilha, axilas, pernas etc.

Sem falar que dependendo do tipo de produto utilizado na cirurgia, ainda é possível causar uma reação alérgica na derme!

 

Infecções

A depilação com cera também aumenta a chance de infecção, especialmente ao depilar em áreas privadas.

Como a pele está mais sensibilizada devido ao tipo de depilação, “abrem-se portas” para que agentes externos penetrem na pele, gerando quadros infecciosos.

 

Desidratação da derme

Além dos fatores acima, há também o fato de que o uso de cera quente para remover os pelos aumentará o grau de desidratação da pele. Isso ocorre porque a substância precisa ser usada enquanto a derme ainda está quente, de modo que fará com que o tecido perca água rapidamente.

Portanto, a depilação a laser sempre foi a escolha ideal para pessoas que desejam se depilar de forma segura e prática. A técnica é recomendada para as pessoas que não querem perder tempo ao utilizar lâminas ou cera.

Vale ressaltar também que essa técnica pode ser realizada em várias partes do corpo. Portanto, se você não quer correr o risco da depilação com cera, a melhor maneira é parar de usar esse método arcaico e optar por algo mais moderno e seguro, como a depilação a laser. Sua pele agradece!

Para saber mais sobre a depilação a laser e seus benefícios, entre em contato com Diolaser. Explore os melhores tratamentos de beleza que oferecemos!

Diolaser 2021 - Todos os direitos reservados.