Diolaser EUA
Diolaser
Olá! Entrar na
Minha Conta

Blog



5 tratamentos para dar fim no temido “tchauzinho”

5 tratamentos para dar fim no temido “tchauzinho”

O “tchauzinho” é um incômodo que acomete a grande maioria das pessoas. Apesar de ser uma reclamação constante nos consultórios de cirurgia plástica, poucos sabem que a maior causa da flacidez na área dos braços é a variação de peso. A pele nesta área é muito fina e pouco elástica.

Portanto, quando ela é esticada devido ao ganho de peso, a gordura a deixa bem curva. Então, mesmo que você perca peso, sua pele não pode voltar ao estado anterior e fica muito solta. Você pode evitar esse problema mantendo uma dieta saudável e praticando exercícios regularmente. A boa notícia é que existem tratamentos estéticos que podem ajudar a corrigir a flacidez dos braços.

Você está curioso e quer saber quais tratamentos são esses? Então, confira abaixo 5 tratamentos mais indicados para a flacidez no braço:

 

1. Radiofrequência não ablativa

Não há dúvida de que esta é uma das maneiras mais eficazes de acabar com a flacidez. É por isso que ele é o número um da lista. Trata-se de um tratamento que promove aquecimento de volume controlado da pele, elevando a temperatura da superfície para 40 ºC e em sua profundidade para 60 ºC.

O que precisa ficar claro é que esse aquecimento converte energia eletromagnética em calor. Isso promove a reorganização do colágeno, estimula o sistema linfático, melhora a circulação e o tom da pele e estimula a regeneração do colágeno.

Os resultados aparecem entre duas a quatro semanas, quando a produção de novo colágeno na pele atinge seu pico. Lembre-se de que o número de sessões varia de situação para situação, mas geralmente leva de 8 a 12 vezes para atingir o resultado desejado.

 

2. Ultrassom microfocado

Este tratamento cria pontos de coagulação na gordura, na derme profunda e no Smas — uma camada fibrosa responsável por dar firmeza e sustentação para as camadas mais profundas da pele.

Funciona assim: o feixe de ultrassom microfocado atinge várias camadas da pele, desde a camada mais profunda, chamada de Smas, até a camada de gordura, onde pode remodelar a gordura do rosto e reduzir a quantidade local se Se sim.

O objetivo do tratamento é estimular ou prevenir uma grande quantidade de colágeno no corpo humano, estabelecendo assim um tipo de banco de colágeno. Vale ressaltar que os resultados finais demoram até três meses para serem vistos.

 

3. Ultracavitação

Você já ouviu falar desse tratamento? Pois é, é um ultrassom terapêutico, que emite calor para queimar celulite e gordura no abdômen, costas, braços e coxas.

A Ultracavitação irá gerar bolhas nas células de gordura, que irão aumentar e diminuir até que a membrana celular seja completamente rompida, levando à morte programada por apoptose (adipócito). O tratamento ideal para remover a flacidez da pele.

 

4. Corrente australiana

Também conhecido como Corrente Aussie, a Corrente Australiana é um estímulo elétrico usado para produzir uma contração muscular no local em que ele é aplicado. Com isso, pode haver melhora no tônus muscular e na flacidez da pele, além de estimular a circulação sanguínea e linfática e a oxigenação celular, trazendo bons resultados para a celulite.

Para facilitar a condutividade da corrente, um gel neutro e eletrodos condutores de borracha de silicone são usados. Normalmente, as sessões duram aproximadamente 40 minutos, sendo que a aplicação da corrente gira em torno de meia hora.

O mais indicado é fazer de 1 a 15 sessões, podendo ser feitas até duas ou três vezes na semana.

 

5. Bioestimuladores

Com o passar do tempo, o corpo começa a produzir uma quantidade menor de colágeno (proteína muito importante para a pele, pois é responsável pela firmeza, sustentação e elasticidade). Esse efeito é natural após os 30 anos. Mas a boa notícia é que ele pode ser amenizado ao utilizar os bioestimuladores.

Uma técnica relativamente nova, que é muito eficaz para manter uma pele com mais firmeza, com um contorno mais definido, brilho e textura na medida certa. Com aplicações pouco invasivas e bem simples, os bioestimuladores garantem um rejuvenescimento natural por meio do estímulo do corpo à produção de colágeno.

Os bioestimuladores provocam uma reação inflamatória bem leve na derme (camada mais profunda da pele), e isso faz com que os fibroblastos (células responsáveis por produzir o colágeno) sejam ativados, produzindo, assim, novas fibras que proporcionam sustentação à pele.

Vale destacar que a quantidade de produto e de sessões varia de acordo com a necessidade e de acordo com a pessoa, cada caso é personalizado. Em relação à média de sessões, é em torno de duas a três, tendo intervalos de quatro a seis semanas. Você já consegue ver os resultados a partir da primeira sessão.

 

Bom, agora você já pode buscar por esses tratamentos estéticos para corrigir o problema de flacidez nos braços. Mas não se esqueça de que, sozinho, nenhum pode fazer milagre. O mais indicado é sempre unir a prática de atividades físicas a uma alimentação saudável e equilibrada, além de tratamentos clínicos para atingir os resultados realmente eficazes.

Diolaser 2021 - Todos os direitos reservados.