Diolaser EUA
Diolaser
Olá! Entrar na
Minha Conta
Carrinho

Blog



Lipocavitação - Conheça o tratamento que elimina a gordura localizada

Lipocavitação - Conheça o tratamento que elimina a gordura localizada

O que é Lipocavitação?

O termo, também conhecido como ultracavitação, ou apenas cavitação, é o mecanismo pelo qual alguns tipos de ultrassom destroem as células de gordura. Funciona da seguinte maneira: o aparelho de ultrassom emite uma onda sonora inaudível capaz de penetrar na pele e chegar até os adipócitos (células de gordura). Ela age como o “tremor de um terremoto” nas células. Essa agitação, que é a chamada cavitação, causa um dano físico nas células, que se quebram e liberam a gordura do seu interior. Quando a membrana é rompida, a gordura (ou triglicerídeo, o conteúdo dessa célula) se divide em outras duas substâncias: ácidos graxos livres e glicerol. Esse último se converte em água, sendo eliminado normalmente pelo organismo. O ácido graxo livre, por sua vez, é reaproveitado pelo corpo como energia. Lipocavitação é um tratamento ideal  para reduzir a gordura localizada em locais difíceis de serem eliminados pelo organismo com exercícios físicos ou dieta, como barriga, quadris, flancos (famosos pneuzinhos), culote, coxas e costas.

 

Benefícios da Lipocavitação

As sessões de Lipocavitação são rápidas, sem agulhas, sem dores, podem ser feitas em qualquer tipo de pele e em qualquer estação do ano. Os resultados são imediatos: até 3 cm* na 1ª sessão e, aliás, vale ressaltar que o procedimento tem recuperação imediata. Dentre os principais benefícios para o corpo estão a redução da gordura localizada e da celulite, melhora da firmeza da pele e do contorno corporal, destacando todas as suas curvas.

*A quantidade de 3 centímetros perdidas na primeira sessão, é resultado de uma pesquisa estatística, por isso pode variar para cima ou para baixo.

 

Há risco para a saúde?

Não, desde que o tratamento seja feito conforme o protocolo e numa clínica confiável.

 

Quem não deve fazer

A lipocavitação não é indicada para pessoas obesas, diabéticas, hipertensas, que possuem doenças cardíacas, hepáticas ou renais, além de flebite, colesterol alto, epilepsia e paralisia. Esse procedimento também não é recomendado para pessoas que possuem próteses, placas ou parafusos metálicos no corpo, varizes ou processos inflamatórios na área a ser tratada, mulheres com DIU e gestantes.

 

Gostou?? Vá hoje mesmo a uma unidade Diolaser mais próxima e faça sua avaliação totalmente GRATUITA

Diolaser 2019 - Todos os direitos reservados.